Loading...

terça-feira, 8 de abril de 2014

NEJA III

Caros filósofos,
hoje assistimos a primeira parte do documentário "A história do petróleo" com o objetivo de subsidiar o trabalho hermenêutico de uma fotografia. Na próxima aula responderemos um questionário sobre o episódio assistido e em seguida veremos a segunda parte. Quem faltou ou não pode ver até o final, o vídeo está disponível nas postagens anteriores, vejam logo abaixo.
Abraços,
Sobral.

NEJA I

Caros amigos da sabedoria,
na aula de hoje fizemos uma revisão dos conteúdos, PRIMEIROS FILÓSOFOS, presentes no livro de vocês e no livro Filosofando que levei para sala de aula. A matéria será objeto da próxima avaliação. Quem quiser estudar pelas páginas do livro filosofando pode baixa-las aqui.
Ainda na aula de hoje analisamos um fragmento do livro FEDRO de Platão com o objetivo de entendermos a razão pela qual a história da filosofia antiga é dividida com base no filósofo Sócrates, isto é, aqueles que vieram antes e depois dele. O livro pode ser encontrado em bancas de jornais, sebos e livrarias por um preço acessível. Quem desejar também pode baixar a integra do livro na internet. O fragmento analisado em sala de aula pode ser baixado aqui.
Abraços,
Sobral.

Páginas do livro filosofando estudadas em sala.
Fragmento do livro Fedro.
Obras de Platão para download.

domingo, 6 de abril de 2014

NEJA III

Caros amigos do conhecimento,
segue um vídeo documentário sobre o livro "O coração das trevas", de Joseph Conrad. O livro é uma referencia importante na literatura, e embora se trate de um romance, retrata de modo critico a exploração do marfim no continente Africano.
Com relação ao vídeo que deixo como sugestão de estudos podemos notar que na Africa, assim como na América do Sul, a exploração das riquezas naturais (ouro, diamantes, madeira, marfim entre outras) sustentou durante muito tempo países Europeus, e os Estados Unidos mais tardiamente. O mesmo processo ocorreu com a exploração do petróleo e é por esta razão que julgo oportuno assistir ao filme, pois nos permite usar o exemplo da corrida do ouro como antecedente à corrida do petróleo, o ouro negro.

LEITURA E ANÁLISE DE TEXTOS

Caros filósofos do NEJA I e III,
seguem dicas sobre como analisar um texto.
Abraços,
Sobral.

LINK 01
LINK 02

sábado, 29 de março de 2014

NEJA I

Caros Filósofos,
prossigam com a leitura do livro, Seção 2 "Os primeiros filósofos", paginas 246 à 263.
Abraços,
Sobral.

NEJA III

Caros amigos da sabedoria,
estamos seguindo com o tema do bimestre que é pensar a arte. A segunda avaliação será análise crítica de uma fotografia.

O tema é atual e de extrema importância, o petróleo, recurso natural usado como principal fonte de energia no mundo. A história da moderna indústria petrolífera é entretanto acompanhada por disputas de poder, corrupção, guerras e desastres ambientais.

Fotografia para análise:

(IMAGEM À SER DEFINIDA)

Seguem pacote de textos/notícias sobre o tema da fotografia, PETRÓLEO, que servem para subsidiar o trabalho. Vocês também estão livres para pesquisar na internet, em livros ou textos.

Textos para leitura:
TEXTO 01, As crises do petróleo
TEXTO 02, Desastre ambiental Golfo do México
TEXTO 03, Desastre ambiental Bacia de Campos
TEXTO 04, Plataformas com documentação vencida no Brasil
TEXTO 05, Justiça encerra ação vazamento Bacia de Campos
TEXTO 06, Dilma e a refinaria nos EUA
TEXTO 07, Importações de petróleo no Brasil
TEXTO 08, Xisto nos EUA
TEXTO 09
TEXTO 10
TEXTO 11
TEXTO 12
TEXTO 13
TEXTO 14
TEXTO 15
TEXTO 16

Sugestão de filmes:
O dossiê pelicano (1993), Syriana (2005) e Sangue Negro (2007).
Os filmes abordam de modo crítico temas relacionados a industria do petróleo como poder e politica, e podem ser facilmente encontrados em locadoras ou na internet.

O dossiê pelicano:



Filme documentário:

A história do petróleo (2004)

domingo, 23 de março de 2014

NEJA I

Caros amigos da sabedoria,
na ultima aula assistimos o filme Tempo de despertar que encerra nossas atividades da primeira metade do bimestre e complementa a atividade de produção textual, "O filósofo é o homem que desperta e fala".
Quem faltou ou não ficou até o fim da aula pode assistir através do link acima ou logo abaixo uma versão legendada. No entanto, o filme pode ser encontrado em locadoras ou baixado da internet, basta procurar.
Abraços,
Sobral.

segunda-feira, 17 de março de 2014

COMO ELABORAR UM TEXTO DISSERTATIVO

Caros amigos da sabedoria do NEJA módulos I e III,
seguem os videos com dicas sobre como elaborar um texto dissertativo.
Abraços,
Sobral.




sábado, 1 de março de 2014

CARNAVAL

Caros amigos da sabedoria,
é carnaval, brinquem com inteligencia e segurança.
Se beber não dirija e não esqueçam a camisinha!
Nos vemos no dia 10 de março.
Abraços,
Sobral.





terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

NEJA III

Caros Filósofos do NEJA III,
na ultima aula, 2ª e 3ª feiras, foi distribuído o texto A hermenêutica das vacas.
Na aula foi realizado leitura, interpretação e debate sobre o material que serve de base para realização da primeira atividade do bimestre, produção textual.
Quem faltou deve ler o texto e fazer uma redação com no minimo 20 e no máximo 25 linhas relacionando o texto à música do compositor Zé Ramalho, Admirável gado novo, particularmente ao refrão:

Êeeeeh! Oh! Oh!
Vida de gado
Povo marcado, Êh!
Povo feliz!...

O trabalho deve ser realizado na FOLHA DE ATIVIDADES fornecida ou que pode ser baixada do blog.
Abçs.,
Sobral.


P.S. A musica do Zé Ramalho foi inspirada no livro chamado Admirável mundo novo. Quem tiver interesse pode baixar e ler durante o carnaval.

sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

NEJA I

Caros Filósofos do Nova EJA,

chegamos à metade do primeiro bimestre e precisamos realizar uma avaliação do caminho percorrido até agora. Com base no que foi apresentado em sala de aula produza uma redação com o tema "O FILÓSOFO É O HOMEM QUE DESPERTA E FALA". A redação deve conter no mínimo 20 e no máximo 25 linhas, o rascunho vale um ponto, e o trabalho deve ser entregue na folha fornecida.

Tal qual foi apontado, o modo expressão privilegiado da filosofia é o texto. E a redação que serve para defenderemos uma ideia chama-se dissertativa, que possui regras e estrutura própria que não deve ser ignorada. Seguem então links de vídeo aulas com dicas de como elaborar um texto dissertativo.

Novo Telecurso - Ensino Fundamental - Português - Aula 86 (1 de 2)
Novo Telecurso - Ensino Fundamental - Português - Aula 86 (2 de 2)
Abraços,
Sobral.

P.S. Este sábado teremos aula segundo a programação divulgada pela Direção do Colégio.

quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

NEJA I

Caros amigos da sabedoria,
esta semana iremos assistir o documentário O HOMEM PRÉ-HISTÓRICO. Atentem para o fato de que ao longo do tempo, paralelamente às transformações físicas ocorre também o desenvolvimento intelectual dos nossos ancestrais.
Abraços,
Sobral.

domingo, 9 de fevereiro de 2014

TEXTO PARA LEITURA

Caros amigos da sabedoria da Nova EJA,
o ano já começou e temos atividades para realizar. Leiam o material que segue aqui: DO MITO À RAZÃO. O texto é para a semana de 17 a 21 de janeiro, isto é, existe bastante tempo, logo não deixem de ler.
No final da página do Blog existem links para dicionários de filosofia caso surjam duvidas sobre palavras e conceitos, ou então me procurem na escola ao longo da semana.
Abraços,
Sobral.

terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

CURRÍCULO MÍNIMO

Caros filósofos da Nova EJA,
deixei na seção "Links" (lado direito da página) o Currículo Mínimo da nossa disciplina. Quem tiver interesse em consultar os conteúdos que iremos abordar ao longo do ano pode acessar através do link CURRÍCULO MÍNIMO EJA.
Abraços,
Sobral.

terça-feira, 21 de janeiro de 2014

quinta-feira, 8 de novembro de 2012

EXEMPLO DE TEXTO DISSERTATIVO

O MINISTÉRIO DO BLÁ BLÁ BLÁ.

É curioso como o Estado brasileiro joga conversa fora sobre assuntos de extrema relevância para a população e assume posturas que são contraditórias à sua própria finalidade, servir bem o povo. O fumo, por exemplo, é uma verdadeira praga em nossa sociedade, porém o Ministério da Saúde apenas adverte quando deveria tomar posições mais rígidas relativamente ao comércio e consumo desta droga.
Os impostos sobre o cigarro correspondem a quase 60% do valor do produto e ainda assim os fabricantes estão felizes. A tristeza desta situação é notar a grande quantidade de indivíduos que cada vez mais cedo se deixam seduzir pelo consumo de um produto que é caro, faz mal não só a quem usa como também às pessoas próximas que respiram a fumaça, e de certo modo a toda população, pois na maioria das vezes os fumantes depositam o detrito do seu vicio nas ruas fazendo das cidades cinzeiros publico.
O cigarro deixa cheiro ruim nas roupas e no corpo, amarela os dentes e as paredes da casa, assim como causa dependência física e psicológica. Relativamente a outras drogas como a heroína, por exemplo, causa maior dependência e é uma droga legalizada. O fumo está associado a diversos problemas de saúde como hipertensão arterial, infarto do miocárdio, aterosclerose, bronquite crônica, enfisema pulmonar, cânceres de pulmão, boca, laringe, esôfago, estômago, pâncreas, bexiga, rim, faringe, colo de útero, mama, reto, intestino e próstata; Diabetes, otite, amigdalite, osteoporose, acidente vascular cerebral, aneurisma da aorta, estomatite, aborto, linfoma, catarata, periodontite, tuberculose, deslocamento precoce da placenta e sinusite, impotência sexual, entre muitos outros males.
Diante de tantos aspectos negativos que envolvem o consumo do cigarro e tendo em vista que é dever do estado oferecer condições de existência saudáveis fica difícil aceitar a manutenção desta porcaria. As razões para o Ministério da Saúde se limitar a advertir talvez residam no fato de que o governo arrecada muito dinheiro com impostos. Riqueza que a população, entorpecida com a fumaça do carnaval e eventos esportivos, parece ignorar que é tragada por corrupção e para sustentar uma estrutura politica viciada que prefere gastar mais dinheiro com o tratamento das doenças causadas pelo tabaco e discursos vazios do que tomar atitudes sérias em beneficio da saúde do povo.